fbpx
Setembro 28, 2021

É possível fechar negócios com projetos sem saber vender?

Se um dia disseram que você não tem talento para vender, certamente não é verdade. Com as orientações certas, você vai fechar negócios sem ser vendedor!

Você se preparou academicamente, tem a licença de um software de projetos, cria trabalhos profissionais de alta qualidade, domina as técnicas e pode entregar apresentações que cativam pela eficiência e beleza.

Tudo ótimo, exceto por um ponto: você não sabe vender.

Muitas vezes, essa frase é mais opinião que realidade e existem fatores contextuais que podem pesar nas vendas baixas – crise econômica é um dos muitos.

Porém, na maioria das vezes, a frase é uma saudável autocrítica: muitos projetistas chegam nas suas visitas de venda sem dominar a arte de vender.

Entenda-se por arte o mesmo que um ator de novelas faz: estuda muito, pratica, decora textos e atua. Não há benção divina ou genética num bom vendedor.

Existe muita disposição, alguma transpiração, persistência para acertar e você certamente pode aprender a vender!

Portanto, quando alguém disse que você não consegue vender, não acredite. A não ser que você não queira vender seus projetos.

Se eles se vendem sozinhos, ótimo!

Mas não é disso que estamos falando, não é mesmo?

Então vamos abordar como superar esta espécie de medo de não saber vender!

 

Vender não é dom ou benção. É esforço e talento adquirido!

 

Muitas das dificuldades que as pessoas têm em vender vem de uma visão distorcida de que uma pessoa nasce vendedor ou saber vender é genético.

É claro que conviver com pais e avôs que são exímios vendedores facilita, mas isso só demonstra que vender não é herdado: é aprendizado.

A visão distorcida, muito baseada no estilo antigo de vender em um mundo completamente diferente do atual, acaba criando conceitos como não consigo vender água no deserto e muita gente com potencial deixa negócios pelo caminho.

Alguns negócios delegam a tarefa a uma equipe de vendedores, o que é muito válido, mas nem todos, especialmente os independentes, tem condições de fazer isso a curto e médio prazo.

Mas o que é uma pessoa com potencial para vendas?

É a pessoa que estuda, pratica, erra, aprimora e acerta. Como você em seus projetos!

 

Conheça os 3 pilares para se tornar um projeto de móveis de sucesso

 

Torne-se um vendedor esquecendo o jeito antigo de vender!

 

Outro fato que afasta as pessoas do trabalho de vendas é a visão romântica dos vendedores do passado, com pouco conhecimento técnico sobre os produtos e a famosa lábia para vender.

Esse perfil funcionava em um mundo com pouca concorrência – ou nenhuma – e, principalmente, clientes que dependiam dos vendedores para conhecer os produtos.

Nada mais diferente do que vivemos hoje em dia!

Com a globalização e a digitalização dos negócios, você conhece vários fornecedores de um produto, até mesmo em outros continentes, com detalhes técnicos, resenhas e reputações em apenas uma noite.

Portanto, vender nos dias de hoje é um trabalho mais complexo mas com um ponto positivo: o talento está baseado em no conhecimento:

  • Técnico do produto – características, benefícios e diferenciais;
  • Profundo do seu cliente;
  • Detalhado da concorrência;
  • Das técnicas de negociação.

Vender projetos de móveis planejados ainda depende do talento!

 

Muitos nichos de mercado podem vender produtos em prateleiras de lojas e mercados, assim como as páginas de venda nas lojas virtuais e plataformas de e-commerce.

Os projetos de móveis planejados, no entanto, dependem diretamente de um trabalho estruturado de vendas, que consiste basicamente em:

  • Visitas de conhecimento e levantamento de dados;
  • Criação e validação do projeto;
  • Apresentação e negociação.

Cada projeto é único, pois atende sonhos de pessoas. Nunca existirão dois projetos de quarto de casal idênticos.

Portanto, o grande diferencial é entender o cliente, seus anseios, necessidades, objetivos e limites – de orçamento e de espaço.

Como dizemos no mercado, não há rotina na venda de projetos. Isso é um aspecto muito positivo para quem quer desenvolver um perfil de vendedor, pois terá as mais diversas abordagens de clientes.

O conhecimento técnico de vendas fará a diferença!

3 premissas para você vender seus projetos sem ser vendedor

 

Veja que mudamos o foco do título deste artigo: você sabe vender mas não precisa se preocupar em ser vendedor, no sentido estrito da profissão.

Para alcançar este patamar, fechar negócios sem ser vendedor, é importante começar a partir de três premissas.

 

1 – Dominar completamente o seu produto ou serviço

 

A autoridade de vendas está ligada diretamente ao conhecimento profundo e o domínio que você tem sobre as informações do seu produto – no caso a criação de ambientes de móveis planejados.

Além do conhecimento técnico, esse domínio inclui também conhecer:

  • As tendências do setor (por exemplo, o uso crescente de determinado material ou acabamento nos móveis);
  • As inovações tecnológicas (uso de processos mais ágeis de fabricação, materiais mais leves ou mais baratos).

Com todas essas informações, você se torna um vendedor com autoridade, respondendo a todas as questões e objeções dos clientes, transmitindo segurança e aumentando as chances de venda de um produto de alto valor – onde o cliente precisar confiar no atendimento.

E lembre-se: o projeto de móveis é sua ferramenta de vendas, o produto é o que está nele!

 

2 – Estudar as técnicas de negociação

 

Sempre ouvimos que a venda é um processo emocional e, sem dúvida, é uma verdade. Tudo na negociação está apoiado nos sentimentos e anseios do cliente.

Porém, esse conceito não é subjetivo no dia a dia: você pode aprender como lidar com o aspecto emocional das vendas, além de uma série de condições e fatos que ocorrem em uma negociação.

  • Como se preparar para a visita de venda?
  • Como deve ser abordagem do cliente?
  • Como obter as motivações da compra?
  • Quando uma objeção é real?
  • Qual o momento de conduzir para o fechamento?
  • Quando é melhor parar para retomar a negociação em outro momento?

Essas são apenas algumas das muitas questões que um curso qualificado de venda de projetos de móveis como os cursos da B2B Treinamentos  podem proporcionar.

Neles, você aprenderá todas as técnicas de negociação e aumentará as suas possibilidades de fechar negócios e aumentar o faturamento!

 

3 – Personalizar todos os atendimentos

 

A venda de móveis planejados é, por sua natureza, totalmente única. Mesmo que quiséssemos padronizar projetos, não seria possível, pois cada combinação de casa, família e espaço é única.

Parece fácil então irmos para a personalização? Apenas parece.

Personalizar o projeto é quase automático, dadas as características do produto, mas é preciso estender a individualização para tudo que envolve a venda, incluindo o próprio relacionamento.

Por isso, é muito importante conhecer profundamente o cliente como falamos anteriormente. Somente desta forma, você poderá prestar um atendimento que faça com que ele se sinta único.

Essa unicidade é uma das condições mais valorizadas pelos consumidores dos dias atuais.

Com ela, o cliente sente-se único e gera uma imagem positiva para o seu trabalho!

 

Quer conhecer mais sobre o desenvolvimento dessas habilidades para negociar com qualidade os seus projetos de móveis planejados?

 

Conheça o Curso Projetista de Elite  e aprenda em detalhes, com profissionais qualificados e experientes, todos os passos necessários para tornar-se um projetista de móveis cada vez mais completo.

Desta forma, você surpreenderá seus clientes com uma abordagem que aumentará as suas chances de sucesso e vendas!

 

Temos mais artigos no Blog B2B e vídeos no Canal B2B  compartilhando conhecimento, experiências e técnicas de negociação e projetos de móveis e ambientes.

Aproveite e se cadastre e ative as notificações para receber mais conteúdos para ajudar você a crescer!

Sucesso!